Pe José Antunes

quinta, 18 abril 2019 17:09

Compassos Pascais 2019 de São Paio

COMPASSOS PASCAIS 2019

 

Aqui vão as Equipas do Compasso Pascal que irão a nossas casas anunciar a grande noticia: Cristo está vivo. Está no meio de nós. Ele venceu a morte.

Vamos em festa e esperamos, do mesmo modo, ser recebidos em festa. Como cristãos não há outra maneira de nos relacionarmos. Vamos em nome da comunidade levar a grande noticia: a Ressurreição do Senhor. 

No fim da missa das 8h00 os Compassos sairão pelos trajectos abaixo indicados. Como é evidente, no caso de haver algum engano (o que é natural acontecer) esperamos a melhor compreensão por parte de todos. Peço atenção a atenção para alguns pequenas alterações de alguns compassos. 

Aqui vão os trajectos bem como as Equipas que compõem os Compassos:

Cruz 1- Rua D.João I, Rua Paio Galvão, Rua Gil Vicente, Rua Francisco Agra, Praça Herois da Fundação

Ministro- José António Baptista

Cruz-Pinto

Caldeira- Sr.Álvaro

Pasta-Henrique

Santinhos, Campaínhas e rebuçados-Diana, José Miguel, Berto e Marco(gémeos), Jerónimo), joao pedro,

 

Cruz 2-Toural, Porta da Vila, Travessa da Arrochela, Largo da Feira do Pão e ruas vizinhas, Toural, Rua de Santo António, Avenida Duarte Pacheco, Picoto, Praça Herois da Fundação

Ministro-Carvalho Martins

Cruz- João Nuno.

Pasta- Abreu

Caldeira-Raquel

Rebuçados, Santinhos e Campaínha- Ana, , Rita e Diogo, Pedro Nuno, Beatriz Ribeiro

 

Cruz 3- Avenida Conde Margaride(lado do antigo mercado), Avenida Conde Margaride(lado da Antiga Fàbrica Pátria), Avenida de Londres(lado esquerdo), Rua Manuel Saraiva Brandão(lado direito), Praça Herois da Fundação, Rua João de Meira, Rua João XXI

Ministro-Jaime Filipe

Cruz-Eduardo

Caldeira-Rita e Fernanda Moreira

Pasta-almeida

Santinhos, rebuçados e Campaínha-neto da Fatinha(Zeca e Cátia), Lara, João Nuno(filho do Vicente)

 

Cruz 4-Rua de São Gonçalo, Avenida de Londres(lado direito), Rua Manuel Saraiva Brandão(lado esquerdo), Rua João de Meira,  Praça Herois da Fundação

Ministro-Rita Castelo

Cruz-João Santos

Caldeira-marcelino rafael

Pasta-Zé Augusto

Rebuçados, Campainha e rebuçados-Francisco, Filipe Almeida, Nuno Abreu

 No fim  da Visita Pascal, pelas 11h30 concentramo-nos na Praça Herois da Fundação e vimos em Cortejo até à Igreja paroquial de São Paio.

Durante o Cortejo integremo-nos no mesmo cantando, louvando Jesus, o Ressuscitado.

Às 12h00(+ ou -)teremos a Eucaristia na Igreja paroquial de São Paio.

 ATENÇÃO: O Convivio de todos os elementos dos Compassos é no dia 3 de Maio. Pelas 19h30 encontramo-nos no Patronato de São Sebastiã

Paróquia de São Sebastião

Compassos Pascais 2019

Da Igreja Paroquial
8h30

Equipa 1
Ministro –Nuno
Cruz – Ana Miranda 
Pasta – André Alves
Caldeira – José António e Mário José
Luis Mendes, Diogo Pinheiro, Beatriz silva, Nuno e Filipe, Rui Gomes, Bruno (irmão da Andreia)

Trajecto

Rua da Liberdade e Trás Gaia, Caldeiroa, Largo Valentim Moreira de Sá, Av. D. Afonso Henriques, Rua de Vila Flor, Alameda(Sul), Rua de Couros e Largo do Trovador
11h30-Ordem de S.Francisco

 

Da Igreja Paroquial
8h30

Equipa 2
Ministro – Zé António 
Cruz – Mariana Leite
Pasta – Mariana Silva
Caldeira – Ana Flor,

Rebuçados e campainhas-Maria Saleiro, André Saleiro, Pedro Saleiro, Joaquim Pereira Inês Monteiro, António(amigo do Quim Pereira)

 

Trajecto

Rua Dr.Bento Cardoso, Rua de Camões, Travessa de Camões, Largo do Toural, Alameda(norte), S.Francisco Centro(Alameda), Rua de São Francisco,Largo do Cidade, Rua de Couros, Ilha do Sabão, Largo do Trovador
11h30-Ordem de S.Francisco


Da Igreja Dos Santos Passos
8h30

Equipa 3
Ministro – Fernando Moreira
Cruz – António Costa
Caldeira – Rita Oliveira e Mafalda
Pasta – Luis Figueiras 
Santinhos, Campainha E Rebuçados - Sofia, Filipa,, Ana Catarina, Francisco Mendes, Margarida Moreira

Trajecto

Lar de Nossa Senhora da Conceição, Rua Dr.José Sampaio, Parque das Hortas, Rua Dr.Ricardo Marques, Rua D. Domingos, Capuchinhas, Alvim, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 
Da Igreja Dos Santos Passos
8h30

Equipa 4
Ministro – Francisco Guise 
Cruz – Ana Guise
Caldeira – Beatriz Soares
Pasta- Vitor Castro
Santinhos, Campainha E Rebuçados – ,  Mariana Soares,  Anaís, Vitória Bota, Henrique, Emilia

 

Trajecto

Rua Gaspar Roriz incluindo Centro São Francisco, Largo Republica do Brasil ( lado de S.Francisco), Rua da Ramada, Rua Camilo Castelo Branco, Av.D.João IV, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 
Da Igreja De Santos Passos
8h30

Equipa 5
Ministro –Emanuel
Cruz – Carlos Saleiro
Caldeira –Dulce Moreira
Pasta – Beatriz Guimarães
Santinhos, Campainha e Rebuçados – Marco Pinheiro, Vitória e Bruna,(filhas da educadora Maria) e Inês Cunha, ,Beatriz Cunha, Ana Miguel

Trajecto

Av.D,João IV(lado das Finanças), Rua do Centro, Centro Comercial Villa,Av.D.João IV(lado do Notário, Escola Egas Moniz, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 

No fim da Visita Pascal, pelas 11h30 concentramo-nos na  Ordem de São Francisco e vimos em Cortejo até à Igreja paroquial de São Paio.

Durante o Cortejo integremo-nos no mesmo cantando, louvando Jesus, o Ressuscitado.

Às 12h00 teremos a Eucaristia na Igreja paroquial de São Paio na qual vão estar presentes também todos  os elementos dos Compassos Pascais

 ATENÇÃO: O Convivio de todos os elementos dos Compassos é no dia 3 de Maio. Pelas 19h30 encontramo-nos no Patronato de São Sebastião.

quinta, 11 abril 2019 11:59

Oração de Taizé

Este Sábado, dia 13 de Abril (como todos os segundos sábados de cada mês) teremos a oração ao "jeito de Taizé".São 30 minutos de oração, reflexão, silêncio. Se puderes aparece. És bem vindo(a).

É às 19h00 na Igreja de São Sebastião.

Estando para começar o “IV Festival Internacional de Música Religiosa de Guimarães”, é com enorme alegria, entusiasmo e expectativa, que a Direção Artística anseia por este momento. Sabemos que a Arte é o único veículo que nos une, nas nossas diferenças, na tolerância e na convivência pacífica, pois é só uma questão de sensibilidade, independentemente da cor, da raça, das crenças, que tanto necessitamos nos dias de hoje. Trabalhamos com a determinação de proporcionar aos Vimaranenses e a todos os que nos visitam nesta época Pascal, uma viagem pela Arte Sacra a todos os níveis. A Música, é levada às nossas igrejas, património valiosíssimo na nossa cidade. Neste ambiente de grandiosidade e beleza, queremos encontrar-nos com a música de todos os tempos, desde a mais antiga até à dos nossos dias e encontrar-vos a todos os homens e mulheres de boa vontade para senti-la e celebrá-la no seu maior esplendor.

Elisabete Matos e Augusto Alvarez
Direção Artística

O programa é o seguinte:

DOMINGO 14 — 21h30
“De lo Humano y lo Divino”
IGREJA DE S. SEBASTIÃO - DOMINICAS
PROGRAMA
De lo Humano y lo Divino
Un paseo estilístico por el Barroco Europeo
M. Locke (1621-1677)
Consorts of two parts 'For several friends'.
Suite n. 4,
Pavan, Almand, Courante, Ayre, Saraband, Jigg


J. Dowland (1563-1626) / J. Van Eyck (1590-
1657)
Pavane Lachrimae
Der Fluiten Lust-hof. 1644


G. Frescobaldi (1583-1643)
Cento Partite sopra Passacagli (1637). F. 2.29.
Toccate e partite d'intavolatura, Libro 1 (1637)


F. Couperin (1668-1733)
Neuvième concert. 'Ritratto dell'amore' Les Goûts
réunis. (1724)
Le charme (Gracieusement et gravement),
L'enjouement (Gayement), Les graces
(Courante françoise), Le je-ne-scay-quoy
(Gayement), La Vivacité, La noble fierté
(Sarabande, Gravement), La douceur
(amoreusement). L'et coetera ou Menuets.


J. S. Bach (1685-1750)
Sonata en re menor BWV 1017 (ca.1720)
Siciliano (Largo), Allegro, Adagio, Allegro.


FICHA ARTÍSTICA
Josep María Saperas – Flautas de pico
Ignasi Jordà – Cravo

 

 

"Toda a vida de Cristo foi um contínuo ensinamento: os seus silêncios, os seus milagres, os seus gestos, a sua oração, o seu amor ao homem,a  sua predileção pelos pequenos pelos pobres, a aceitação do sacrifício total na Cruz pela redenção do mundo, a Sua Ressurreição constituem a atuação da sua palavra e o cumprimento da Revelação". Catecismo da Igreja Católica – 561.

 

Muitas pessoas hoje em dia não sabem que existe uma diferença entre esses dois tempos litúrgicos. A Semana Santa e, principalmente, o Tríduo Pascal são os dois conjuntos de celebrações que antecedem a festa da Páscoa, onde se inicia o Tempo Pascal. Nesse post, falaremos um pouco sobre a diferença entre esses tempos e sobre as celebrações em cada um deles.

A Semana Santa é, na verdade, a última semana da Quaresma. Na verdade consiste nos dias que antecedem o Tríduo Pascal. Começa com a celebração do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor.

Nesse dia, a Igreja recorda a entrada do Cristo em Jerusalém para realizar o seu mistério pascal.

Nas Missas celebradas nesse dia, comemora-se essa entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Antecedendo a celebração, há a benção dos ramos e a procissão, onde a Igreja saúda Nosso Senhor com “Hosanas ao Filho de David! Bendito o que vem em nome do Senhor! Jesus, rei de Israel, Hossana nas alturas!” (Mt 21,9). Essa Missa é marcada também com a leitura da Paixão da Paixão do Senhor.

Na Quinta-feira, a celebração que encerra a Semana Santa e, logicamente a Quaresma é a Missa do Crisma. Nessa Missa, celebrada na parte da manhã, cada Bispo concelebra com todos os padres de sua Diocese e são abençoados os santos óleos (o óleo do crisma, o óleo dos catecúmenos e o óleo dos enfermos . Durante a homilia dessa celebração, o Bispo exorta os sacerdotes à fidelidade aos seus ministérios e os convida a renovarem as promessas sacerdotais.

 

Nessa mesma Quinta-feira, na parte da tarde, dá-se início ao Tríduo Pascal com a celebração da Missa da Ceia do Senhor. Nesse dia, são celebrados os mistérios da instituição da Eucaristia e do sacerdócio e o mandamento do Senhor sobre o amor e a caridade fraterna. Faz parte da liturgia nesse dia o Rito do Lava-pés, onde o sacerdote repete o ato de Nosso Senhor na última ceia. Um fato interessante é como se essa celebração não tivesse um final. O sacerdote não dá a benção, convidando a todos à adoração eucarística, que pode se estender também à manhã da sexta-feira. A reserva eucarística é retirada do Sacrário nesse dia e guardada noutro local na igreja, voltando apenas após o fim do Tríduo Pascal.

No segundo dia do Tríduo Pascal, a Sexta-feira da Paixão do Senhor, temos a Celebração da Paixão do Senhor. Sempre na parte da tarde, por volta das quinze horas, a Igreja celebra o mistério de Jesus e sua humilhação e sacrifício na Cruz. Nesse dia, não há Celebração Eucarística, mas apenas a Comunhão, que é precedida da Liturgia da Palavra, com a leitura da Paixão do Senhor e da Adoração da Cruz.

Seguindo o último dia do Tríduo Pascal, o Sábado Santo também é um dia onde a Igreja não celebra nenhum Sacramento (exceto a Comunhão aos doentes) e permanece junto ao sepulcro do Senhor, meditando sua Paixão e morte.  Encerra-se, portanto, o Tríduo Pascal.

Nesse mesmo sábado, a partir do começo da noite e antes do amanhecer do Domingo, a Igreja entre em alegria plena. Começa então o Tempo Pascal com sua primeira celebração, a Vigília Pascal. Essa celebração consta de grandes quatro partes, sendo elas a Celebração da Luz, a Liturgia da Palavra, a Liturgia Batismal e a Liturgia Eucarística. Mesmo sendo celebrada na noite do sábado, vale ressaltar que a Missa da Vigília é a verdadeira Missa do Domingo de Páscoa e da Ressurreição do Senhor.

Para a Celebração da Luz, todos os fiéis devem permanecer com velas que serão acesas com o fogo novo do Círio Pascal. É então feita a Proclamação da Páscoa, que é um grande hino de louvor. Na Liturgia da Palavra,  recordámos então os principais relatos de todo plano da nossa salvação. Já na Liturgia Batismal, o sacerdote convida todos a lembrarem e renovarem as promessas batismais. Ao final da vigília, segue  a Liturgia Eucarística, que é realizada como nas demais Missas.

No Domingo de Páscoa e da Ressurreição do Senhor, a Igreja toda está em festa, tanto é que se inicia a Oitava de Páscoa. As oitavas são um período de oito dias em que se celebram as maiores festas litúrgicas. Daí segue-se o Tempo Pascal, que vai até a festa de Pentecostes.

Na nossa Unidade Pastoral teremos as seguintes celebrações na Igreja de São Sebastião

Domingo de Ramos(14 de Abril)

11:30-Benção dos Ramos e Eucaristia

Quinta-feira Santa (18 de Abril)

19:30Eucaristia da Ceia do Senhor

Sexta-feira Santa(19 de Abril)

15:00-Celebração da Paixão do Senhor

Sábado Santo(20 de Abril)

21:00-Solene Vigilia Pascal

Domingo de Páscoa (21 de Abril)

São Sebastião-Eucaristia às 8:00. (No fim saem os compassos).

e 19:30

São Paio-Eucaristia às 8:00 ( No fim saem os compassos) e 12:15 (no final dos Compassos)