fbpx

Pe José Antunes

terça, 25 fevereiro 2020 10:06

Quaresma 2020

Com a quarta feira de cinzas começamos o caminho quaresmal e perguntamo-nos: quantas Quaresmas levamos sobre os ombros? De facto a mensagem da Quaresma não "entra" nesta sociedade de consumo e de bem estar. As pastelarias mostram-nos os doces da Quaresma mas poucas familias tomam consciência do jejum e da abstinência; sim: há famílias que absterão de comer carne mas , em muitas casos, não porque seja quaresma. A fórmula antiga da imposição das cinzas(" lembra-te que és pó...") recordava-nos que somos frágeis. O apóstolo Paulo recordava-o à Comunidade de Corinto:" pois do mesmo modo que em Adão todos morrem..". A fórmula actua l("Convertei-vos e acreditai no Evangelho") convida-nos claramente à conversão. E esta conversão não passa tanto por umas práticas penitenciais como por "acreditar no Evangelho". Este é o desafio de cada Quaresma: acreditar no Evangelho.

Este é o caminho que nos é proposto. Não seja mais uma quaresma. Mas um caminho de conversão para acreditar no Evangelho

quinta, 06 fevereiro 2020 16:34

Oração de Taizé

No próximo sábado, dia 8 de Fevereiro, às 19h00, na Igreja de São Sebastião teremos a oração "ao jeito de Taizé".

Ocasião de, no meio da lufa diária, arranjar um pequeno espaço de oração e contemplação com outros, em grupo.

Aparece! És bem vindo!

 

segunda, 20 janeiro 2020 15:28

Missa da Catequese

No próximo domingo, dia 26 de Janeiro, às 11h30 teremos a Eucaristia da Catequese.

Pais, crianças, catequistas vamos participar.

É também o dia da Festa em honra de São Sebastião, padroeiro da comunidade paroquial .

 

 

quarta, 08 janeiro 2020 17:57

Oração de Taizé

Este Sábado, dia 11 de Janeiro, segundo do mês, às 19h00, na Igreja paroquial de São Sebastião teremos oração de Taizé.

Espaço de 30 minutos para rezarmos num ambiente diferente mas acolhedor.

Os adolescentes dos 6º ao 10º anos de catequese bem como os seus pais são convidados e assumiram o compromisso de pareticiparem neste momento de oração.

NÃO ESQUECER!

 

A Visita pastoral é a visita que o Bispo faz, às paróquias ou comunidades locais da sua  Diocese, no pleno exercício do múnus de Ensinar (mestre da doutrina), de Santificar (sacerdote, em plenitude, do culto sagrado) e de Governar (em espírito de serviço e  dedicação pastoral), enquanto Pastor que ama, cuida e orienta o povo do Senhor que  lhe está confiado, entrando em contacto mais directo com as angústias e preocupações, as alegrias e as expectativas do povo, podendo dirigir a todos um  convite à esperança e vivência cristã na família, na comunidade paroquial e na  sociedade. É uma das formas, corroborada pela experiência dos séculos, com a qual o  Bispo mantém contactos pessoais com o Povo de Deus, reavivando as energias das  comunidades cristãs e dos intervenientes na missão da Igreja, encorajando e  chamando todos os fiéis à renovação da fé e da vida cristã, bem como a uma  actividade apostólica eficaz e de acordo com as exigências actuais. Permite,  igualmente, ao Bispo analisar a eficiência das estruturas e dos instrumentos  destinados ao serviço pastoral, dando-se conta das circunstâncias e dificuldades do  trabalho de evangelização a fim de melhor poder definir as prioridades e encontrar os  meios em ordem a uma pastoral orgânica, no da Diocese. 

Não deve ser uma visita breve ou apressada, mas há-de ter a duração suficiente,  de modo que o Bispo possa estar serenamente com o povo, escutar os seus anseios,  confirmá-lo na fé, fortalecê-lo na esperança, bem como celebrar os santos mistérios  que constituem a fonte e o vértice da vida da Igreja. É uma oportunidade única e um  tempo de graça para estar, dialogar e celebrar com as comunidades.

Para as comunidades e instituições que a recebem, a visita constitui um verdadeiro tempo de graça e momento especial para o encontro e o diálogo com o seu Bispo.

Assim realizada, a visita pastoral aparecerá como: um sinal da presença do Senhor que visita o seu Povo na paz.

Dom Jorge Ortiga, Arcebispo Primaz de Braga estará na Unidade Pastoral de São Sebastião e São Paio, Guimarães  nos dias 15, 16, 18 e 19 de Janeiro.

Nesses dias celebrará a Eucaristia de encerramento da Visita Pastoral. Em São Sebastião, dia 18, na celebração das 17h30. Em São Paio, dia 19 celebrará a Eucaristia às 10h.

No dia 16 de Janeiro virá à Unidade Pastoral para conhecer a nossa realidade e vai visitar as diversas Instituições que estão sediadas na Unidade Pastoral, irá celebrar na Igreja de São Francisco, às 15h30, para os mais velhos e estes poderão receber o sacramento da Santa Unção, terá um encontro com as crianças da catequese da Unidade Pastoral às 19h, na Igreja paroquial de São Paio.

No dia 18 de Janeiro celebrará a Eucaristia em São Sebastião às 17h30 e noç fim haverá uma assembleia paroquial para todos os que trabalham na pastoral paroquial (catequistas, membros da Legião de Maria, Conferencia Vicentina, voluntários para a acção caritativa, zeladoras, Grupos de Jovens, Ministros da Comunhão, Sacristães, Grupo de oração, Conselhos Económicos, Conselhos Paroquiais,Irmandades, etc.).

Vamos preparar-nos para que tudo decorra com normalidade. Não para a fotografia mas mostrarmos o que somos e fazemos na Unidade Pastoral.