fbpx

Pe José Antunes

sexta, 01 abril 2022 17:45

Carta às familias

Guimarães, 22 de março de 2022

 

Caros(as) paroquianos(as)

 

Os meus cumprimentos,

 

Paz a todos os paroquianos e paroquianas da Unidade Pastoral de São Paio e São Sebastião.

De facto, a tentar normalizar a nossa vida após a pandemia da COVID-19 cai-nos em cima esta guerra desumana e vil como é a invasão da Ucrânia pela Rússia. É, de facto, uma situação catastrófica com as mortes, destruição e a crise de refugiados Ucranianos que, fugindo da guerra, tentam refazer a sua vida com a ajuda de países amigos que os acolhem e amam nesta hora difícil.

Ocasião de rezarmos muito pela paz que é dom de Deus, mas também trabalho da pessoa humana. Em tempo de Quaresma tenhamos tempo para a oração que é uma das práticas que nos é proposta para melhor prepararmos a Páscoa de Jesus. Além disso, tempo para que, através do jejum e da abstinência, nos purifiquemos das nossas faltas. E este jejum e abstinência, mais do que não comer carne ou doces, nos ajude a olhar “para o lado”, para os nossos irmãos necessitados de pão e de carinho da nossa parte. Tempo de nos abstermos de linguagem agressiva, de ódios, de vinganças, de palavras ofensivas e sermos homens e mulheres de paz.

O Papa Francisco diz-nos na sua mensagem para a Quaresma: “Não nos cansemos de fazer o bem, através duma operosa caridade para com o próximo. Durante esta Quaresma, exercitemo-nos na prática da esmola, dando com alegria (cf. 2 Cor 9, 7). Deus, «que dá a semente ao semeador e o pão em alimento» (2 Cor 9, 10), provê a cada um de nós os recursos necessários para nos nutrirmos e ainda para sermos generosos na prática do bem para com os outros. Se é verdade que toda a nossa vida é tempo para semear o bem, aproveitemos de modo particular esta Quaresma para cuidar de quem está próximo de nós, para nos aproximarmos dos irmãos e irmãs que se encontram feridos na margem da estrada da vida (cf. Lc 10, 25-37). A Quaresma é tempo propício para procurar, e não evitar, quem passa necessidade; para chamar, e não ignorar, quem deseja atenção e uma boa palavra; para visitar, e não abandonar, quem sofre a solidão. Acolhamos o apelo a praticar o bem para com todos, reservando tempo para amar os mais pequenos e indefesos, os abandonados e desprezados, os discriminados e marginalizados (cf. Enc. Fratelli tutti, 193)”.

Ocasião também de através da esmola partilharmos com os objetivos que a nossa diocese de Braga propôs para o fruto das nossas renúncias: Diocese de Pemba (Moçambique) e Fundo Partilhar com Esperança, que é um Fundo diocesano de apoio aos mais necessitados.

Além disso, em termos mais próximos, paroquiais, é ocasião das famílias partilharem um pouco do que é seu para a sustentação da paróquia nos seus diversos serviços. A chamada oferta familiar que reverte para o Fundo paroquial que gere as receitas e despesas da comunidade: luz (aquecimento da igreja) água, limpezas, salários, ação social, impostos, manutenção das instalações que temos para que não caiam no desleixo. E aqui, no caso da São Paio temos a casa paroquial que, após o incêndio de há uns anos, está em degradação acentuada e, por isso, estamos a lançar o apelo à generosidade dos paroquianos para intervirmos de modo eficiente e cuidarmos bem do que é pertença da comunidade da qual fazemos parte. Esta intervenção orça o valor de 40.000€ (40 mil euros).

No caso de São Sebastião, temos a recuperação dos espaços contíguos à Igreja paroquial, mais concretamente o museu paroquial que queremos colocar ao serviço da comunidade paroquial. Esta intervenção orça o valor de 45.000€ (45 mil euros).

Numa e noutra paróquia, não importa que demos muito, mas que muitos deêm um pouco do que é seu. E, certamente, o pouco de muitos dará muito para socorrermos as necessidades que temos como todas as famílias têm. E a família paroquial será mais família quando nos sentimos unidos nos mesmos objetivos.

Quer um quer outro são investimentos extraordinários que requerem a ajuda de todos nós, paroquianos e amigos das paróquias de São Paio e São Sebastião.

IBAN da Fábrica da Igreja de São Paio: PT50 0035 0363 00110772930 25 (CGD).

IBAN da Fábrica da Igreja de São Sebastião: PT50 0010 0000 54784430001 61 (BPI)

Deixo um agradecimento pessoal a todos aqueles que possam colaborar nestas iniciativas. 

Um abraço amigo e a minha disponibilidade para o que sempre precisarem.

 

Santa Páscoa,

O Pároco da Unidade Pastoral de São Sebastião e São Paio,

 

Pe. José Antunes

quinta, 31 março 2022 17:58

Visita Pascal 2022

VISITA PASCAL 2022
 
Caros paroquianos, a pouco mais de duas semanas do acontecimento maior da vida cristã (Páscoa), seguem algumas orientações.
A celebração da Santa Páscoa aproxima-se e com ela, retomaremos a VISITA PASCAL pelas casas anunciando Cristo Ressuscitado.
1- A cruz não é dada a beijar e nem a tocar.
2- Quem leva a Cruz, apresenta-a à família e todos fazem uma reverência de cabeça ou atiram um beijo com a mão.
3- A equipa que acompanha a Cruz deve ser um grupo reduzido. O leigo que preside à equipa fará uma oração apropriada e com a participação dos da casa.
4- A saudação aos familiares deve ser uma inclinação de cabeça. Pede-se para evitar os cumprimentos à mão.
5- Dentro das casas a equipa que acompanha a Cruz deve estar de máscara.
6- Levando o ANÚNCIO DA PÁSCOA do Senhor, pedimos que Deus continue a abençoar e proteger todas as famílias da nossa freguesia.
 
terça, 28 setembro 2021 15:11

Catequese paroquial

Boa tarde!

Temos vindo a preparar o começo da catequese paroquial. Neste tempo complicado de pandemia, reflectimos, analisamos, rezámos e decidimos que não podíamos continuar nos moldes do "antigamente". A pandemia e as crises que na vida acontecem são momentos para apontar para outros caminhos e estratégias para alcançarmos objectivos concretos. A isso nos propomos e apelamos para que as familias também entrem neste ritmo connosco. Porque não podemos fazer de conta que nada aconteceu. E dentro desta perspectiva termos consciência que o importante da catequese é levar as pessoas a entrarem em comunhão e intimidade com Jesus Cristo em ordem a melhor o seguir e provocar um encontro com Jesus de Nazaré.

A catequese encontra-se há várias décadas num processo de renovação. Daí que vamos fazer uma catequese ao ritmo da Liturgia e levar as crianças e adolescentes a uma melhor inserção na Liturgia partiicioando na Eucaristia dominical.

Temos dificuldades pela frente e não são poucas :

-indiferença religiosa,

-ignorância religiosa

-laicismo militante

-divórcio entre fé e vida, fé e cultura

-Chegados à primeira comunhão e ao Crisma muitos são os que abandonam a Eucaristia

Perante este panorama vamos, este ano, com a colaboração dos(as) catequistas e familias entrar num ritmo novo da catequese.

A catequese será ao sábado e domingo em horários a definir brevemente (vamos estar atentos).

Neste momento digo apenas que os meninos e meninas do 1ºano ( aqui englobo aqueles que o ano passado se inscreveram e os novos que este ano entraram para a escola) terão um primeiro encontro com seus pais no dia 9 de Outubro, às 15h00, na Igreja de São Sebastião.

Os outros grupos serão contactados pelo(a) catequistas para lhes comunicar o dia do começo da catequese.

Para hoje nada mais a comunicar. Resta-me desejar um bom ano catequético e que as familias também entrem neste ritmo novo que pretendemos seja para dar melhores frutos. Assim Deus nos ajude nesta missão porque também sabemos que temos que trabalhar mas com Deus presente tudo se torna mais fácil e proveitoso.

 

 

Caros(as) amigos(as).

Os meus cumprimentos amigos.  Por alturas da Páscoa de cada ano, as famílias contribuem com o que podem para ajudar a Igreja de São Paio e São Sebastião  nos gastos correntes e para que estas continuem a cumprir a sua missão.

Daqui um agradecimento a todas as famílias que contribuíram com a sua dádiva para este fim.

Perante as actuais contingências (o Compasso Pascal não se realiza há dois anos- e esta era uma altura propicia para que as famílias dessem a sua ajuda-)informamos que se pode contribuir através de transferência bancária para a qual deixo os IBAN das duas entidades e peço que enviem comprovativo para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., com os dados pessoais para que possamos passar o recibo para efeitos de IRS.

Então aqui deixo, com um agradecimento antecipado pela vossa colaboração, os respectivos IBAN

Fábrica da Igreja Paroquial de São Sebastião: PT50 0010 0000 54784430001 61

Fábrica da Igreja Paroquial de São Paio: PT50 0010 0000 55189760001 24

Agradecido

 

Pelas Fábricas da Igreja de São Paio e São Sebastião

 

Pe José Antunes

domingo, 04 abril 2021 10:18

Santa Páscoa

Cristo ressuscitou! Aleluia! Aleluia!

Ressuscitou entre os mortos e vai adiante de vós para a Galileia.

Rompeu-se o silêncio da noite !

Sim, apesar de tudo, neste 2021 voltou a Páscoa da Ressurreição e podemos cantar o Aleluia com toda a Igreja, com toda a humanidadem, com toda a criação.

Nada nem ninguém poderá impedir o triunfo de Cristo.

É tempo de Aleluia sem fim! Feliz Páscoa!