Pe José Antunes

quinta, 30 novembro 2017 14:49

Caminhada de Advento

 

Resultado de imagem para estrela

Fazer brilhar a estrela do amor na casa da Igreja e da Família

Tendo como base:

Uma Igreja como casa de família (excerto da Carta Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa, Para o rosto missionário da Igreja em Portugal) e a conclusão da homilia do Papa Francisco em Fátima, no passado dia 13 de Maio, em que se propunham seis características de uma Igreja que brilha” quando é missionária, acolhedora, livre, fiel, pobre de meios e rica no amor.

Uma casa de família e o rosto da Igreja que brilha são duas imagens que podemos associar à casa e à Estrela do Presépio de Belém, meta da nossa caminhada.

A ideia fundamental é fazer brilhar a Estrela do Amor na Igreja (a grande família), na família(Igreja doméstica) e nas comunidades cristãs, chamadas a crescer como família de famílias.

Propõe-se um movimento de saída, rumo ao presépio, onde , na simplicidade de uma casa de periferia, entre uma mãe e um pai, cheios de fé e de amor brilha uma Estrela Maior, Jesus Cristo, o verdadeiro Sol Nascente.

Prestar atenção particular ao simbolo da estrela.

Estrela que brilha numa casa( presépio de Belém). Onde se fixa a estrela e se encontram o Menino, Maria e José, nessa verdadeira casa de família irradia também uma missão, para cada família e para a igreja inteira”o rosto belo e jovem  da Igreja, que brilha quando é missionária, acolhedora, livre, fiel, pobre de meios e rica no amor”.

No inicio do Advento erga-se bem alto, no presépio a Estrela onde podemos escrever cada semana uma das características do rosto belo e jovem da Igreja e da família.

Sugere-se também um par de pegadas, simbolizando o caminho rumo ao Natal e após o Natal o regresso por outro caminho à nossa vida.

Dentro desta ideia das pegadas está o sapatinho, como símbolo das prendas de Natal e daí que seja criado uma “pé de meia”(em casa e na Igreja) onde, semana a semana, em família e em comunidade, se partilhem os bens necessários, a repartir por pessoas necessitadas através da Conferência Vicentina.

Também às portas da Igreja vamos colocar recipientes para depósito dos bens partilhados. E aqui temos a ligação entre Eucaristia e a caridade, através da valorização da nossa oferta, como expressão de partilha.

A recolha dos bens e dinheiro das crianças será na Eucaristia de Natal para as crianças , no dia 17 de Dezembro, às 10:00, na Igreja de São Paio.

 

domingo, 22 outubro 2017 11:32

Reunião de pais da catequese

No trabalho de colaboração e interação teremos uma reunião de pais da catequese neste início de ano.
 
Assim, Sexta-feira (27 de Outubro) às 19h00, em São Paio teremos a reunião para os pais que frequentam a catequese em São Paio.
Sábado (28 de Outubro), no fim da missa das 17h30, em São Sebastião, a mesma reunião na Igreja paroquial de São Sebastião.
 
É importante a presença dos pais porque só com uma colaboração estreita é que poderemos todos ajudar no crescimento nas nossas crianças.

Cumprimentos
Pe. Antunes
sábado, 14 outubro 2017 17:12

Oração de Taizé

Hoje, sábado, dia 14 de Outubro teremos oração de Taizé, às 19h00, na Igreja de São Sebastião.

Como tenho dito, é uma oração de 30 minutos: meditativa, tranquila, muito baseada em refrães de canticos repetidos várias vezes.

Desta vez não falámos mas a partir de Novembro convidaremos os(as) catequizandos(as) dos 6º, 7º, 8º, 9º e 10º anos para também participarem.

Esperamos que também façam parte deste grupo que se reune, sempre, no 2º sábado de cada mês.

sexta, 13 outubro 2017 13:07

Ano catequético 2017/2018

Começou o ano catequético 2017/2018 na nossa Unidade Pastoral.

Estamos ainda em fase inicial e a "limar" alguns aspectos que não estão como desejaríamos.

Alguns grupos são demasiado grandes e daí este apelo a que mais pessoas venham fazer do nosso grupo de catequistas para que possamos desdobrar os mesmos grupos que estão com um número para além do razoável.

Fica o desafio para quem se sinta interpelado(a).

E um obrigado, desde já,a quem aparecer.

Domingo, dia 1 de Outubro, na celebração das 11h30 em São Sebastião apresentaremos à comunidade os(as) nossos(as) catequistas. Momento para agradecer a Deus a disponibilidade de alguns e algumas que, dentro do seu tempo, arranjam algum tempo para os outros fazendo catequese. Que bom que seria se houvesse mais pessoas para prestar este serviço ao outros na Catequese!

Todavia, agradecemos ao Senhor estas pessoas por este serviço e dizemos que há sempre lugar para mais. Apareçam!

E recordamos que a catequese já começou. Agora vamos todos colaborar nesta missão: pais, jovens, crianças e catequistas.

Neste início de ano de catequese, queremos envolver a todos na comovente notícia do amor de Deus. É muito importante “que a vida da comunidade cristã entre e se reflita na catequese” (CEP, Catequese: a alegria do encontro com Jesus Cristo, n.º 26).

Dizem os nossos bispos: “Hoje têm de ser os filhos a levar os pais ao reencontro com Deus, convencendo-os a participar em tudo o que faz parte da catequese, que pedem para os filhos” (ibidem, n.º 35).

Bom ano,