Pe José Antunes

quinta, 04 maio 2017 09:39

Uma semana com Maria

 

A  catequese paroquial da Unidade pastoral de São Paio e São Sebastião, como todos os anos acontece mas este por excelência, porque comemoramos o centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima, vai celebrar uma semana com Maria, que decorre de 5 de Maio a 11 de Maio.

Consiste em que os catequizandos na sua hora de catequese se dirijam à Igreja de São Sebastião para, às 19h00, rezar o terço a Nossa Senhora.

No dia 22 de Abril fomos em peregrinação ao Santuário de Fátima com as crianças que quiseram participar e familias. Ficamos dentro do que é a mensagem de Fátima para nós hoje e fomos desafiados a rezar o terço todos os dias

Daí, o convite a que ninguém falte a esta oração

Fiquemos com  as promessas feitas por Maria a todos nós:

1. A todos os que rezarem meu Rosário com devoção, prometo minha proteção especial e grandíssimas graças.

2. Aquele que perseverar na oração de meu Rosário receberá uma graça insigne.

3. O Rosário será uma defesa poderosíssima contra o inferno; destruirá os vícios, libertará do pecado, dissipará as heresias.

4. O Rosário fará florescerem as virtudes e as boas obras, e obterá para as almas a mais abundante misericórdia divina; fará que nos corações o amor ao mundo seja substituído pelo amor a Deus, elevando-os ao desejo dos bens celestes e eternos. Quantas almas se santificarão com esse meio!

5. Quem se confia a mim por meio do Rosário não perecerá.

6. Quem rezar meu Rosário com devoção, meditando seus mistérios, não será oprimido pela desgraça. Pecador, se converterá; justo, crescerá em graças e se tornará digno da vida eterna.

7. Os verdadeiros devotos de meu Rosário não morrerão sem os Sacramentos da Igreja.

8. Aqueles que rezam meu Rosário encontrarão durante sua vida e em sua morte a luz de Deus e a plenitude de suas graças, e participarão dos méritos dos bem-aventurados.

9. Libertarei muito prontamente do purgatório as almas devotadas a meu Rosário.

10. Os verdadeiros filhos de meu Rosário gozarão de uma grande glória no céu.

11. O que pedirem por meio de meu Rosário, obterão.

12. Aqueles que defenderem meu Rosário serão socorridos por mim em todas as suas necessidades.

13. Obtive de meu Filho que todos os membros da Irmandade do Rosário tenham por irmãos, durante a vida e na hora da morte, os santos do céu.

14. Aqueles que rezarem fielmente meu Rosário serão todos meus filhos amantíssimos, irmãos e irmãs de Jesus Cristo.

15. A devoção a meu Rosário é um grande sinal de predestinação.

Nossa Senhora conta contigo. Não faltes!

quinta, 13 abril 2017 21:10

Compasso Pascal

As equipas dos Compassos Pascais vão às nossas casas para anunciar a grande alegria da Ressurreição de Cristo.

Ao jeito daquelas mulheres que foram ao sepulcro, de manhãzinha, e sendo confrontadas com a realidade de Cristo ter ressuscitado partiram imediatamente e foram anunciar a grande verdade da nossa fé:-CRISTO ESTÁ VIVO!- também as equipas pascais vão anunciar a mesma verdade.

Saibamos acolher quem vai em nome da comunidade e sinalizemos as entradas da nossa casa com ramos e flores e vamos ao encontro de quem chega porque quem vai, vai por bem!

Santa Páscoa! Vivamos em alegria porque Cristo está vivo! Ele está no meio de nós!

terça, 11 abril 2017 14:29

Compassos Pascais de São Paio - 2017

Compassos Pascais 2017

Aqui vão as Equipas do Compasso Pascal que irão a nossas casas anunciar a grande noticia: Cristo está vivo. Está no meio de nós. Ele venceu a morte.

Vamos em festa e esperamos, do mesmo modo, ser recebidos em festa. Como cristãos não há outra maneira de nos relacionarmos. Vamos em nome da comunidade levar a grande noticia: a Ressurreição do Senhor. 

No fim da missa das 8h00 os Compassos sairão pelos trajectos abaixo indicados. Como é evidente, no caso de haver algum engano (o que é natural acontecer) esperamos a melhor compreensão por parte de todos. Peço atenção a atenção para alguns pequenas alterações de alguns compassos. 

Aqui vão os trajectos bem como as Equipas que compõem os Compassos:

Cruz 1- Rua D.João I, Rua Paio Galvão, Rua Gil Vicente, Rua Francisco Agra, Praça Herois da Fundação

Ministro- José António Baptista

Cruz-Mauro Viana

Caldeira- Sr.Álvaro

Pasta-Jaime Filipe

Santinhos, Campaínhas e rebuçados-Diana, José Miguel, Berto e Marco(gémeos), Jerónimo, Maria Luisa e irmã(filhas do Filipe)Jerónimo

 

Cruz 2-Toural, Porta da Vila, Travessa da Arrochela, Largo da Feira do Pão e ruas vizinhas, Toural, Rua de Santo António, Avenida Duarte Pacheco, Picoto, Praça Herois da Fundação

Ministro-Carvalho Martins

Cruz-Sr.Lopes

Pasta- Abreu

Caldeira-João Nuno

Rebuçados, Santinhos e Campaínha- Ana, João Nuno e Raquel(prima), Rita e Diogo

 

Cruz 3- Avenida Conde Margaride(lado do antigo mercado), Avenida Conde Margaride(lado da Antiga Fàbrica Pátria), Avenida de Londres(lado esquerdo), Rua Manuel Saraiva Brandão(lado direito), Praça Herois da Fundação, Rua João de Meira, Rua João XXI

Ministro-José Veiga

Cruz-Eduardo Rafael

Caldeira-Rita e Fernanda Moreira

Pasta-Pinto

Santinhos, rebuçados e Campaínha-neto da Fatinha(Zeca e Cátia), Gabriela, Mafalda, João Nuno (filho do Vicente)

 

Cruz 4-Rua de São Gonçalo, Avenida de Londres(lado direito), Rua Manuel Saraiva Brandão(lado esquedrdo), Rua João de Meira,  Praça Herois da Fundação

Ministro-Rita Castelo

Cruz-José Augusto

Caldeira-Henrique

Pasta-João Santos

Rebuçados, Campainha e rebuçados-Inês, Cátia, Sr. Almeida, irmã do Mauro Viana

No fim  da Visita Pascal, pelas 11h30 concentramo-nos na Praça Herois da Fundação e vimos em Cortejo até à Igreja paroquial de São Paio.

Durante o Cortejo integremo-nos no mesmo cantando, louvando Jesus, o Ressuscitado.

Às 12h00 teremos a Eucaristia na Igreja paroquial de São Paio.

ATENÇÃO: O Convivio de todos os elementos dos Compassos é no dia 21 de Abril. Pelas 19h30 encontramo-nos no Patronato de São Sebastião.

Aqui vão as Equipas do Compasso Pascal que irão a nossas casas anunciar a grande noticia: Cristo está vivo. Está no meio de nós. Ele venceu a morte.

Vamos em festa e esperamos, do mesmo modo, ser recebidos em festa. Como cristãos não há outra maneira de nos relacionarmos. Vamos em nome da comunidade levar a grande noticia: a Ressurreição do Senhor. 

No fim da missa das 8h00 os Compassos sairão pelos trajectos abaixo indicados. Como é evidente, no caso de haver algum engano (o que é natural acontecer) esperamos a melhor compreensão por parte de todos. Peço atenção a atenção para alguns pequenas alterações de alguns compassos. 

Aqui vão os trajectos bem como as Equipas que compõem os Compassos:

Da Igreja Paroquial
8h30

Equipa 1
Ministro –Nuno
Cruz – Ana Miranda 
Pasta – Ana Isabel Leite
Caldeira – Marta Andrade 
Santinhos, Campainhas E Rebuçados – 
Mário José, José António, Bárbara, Luis Mendes, Diogo Pinheiro, 

Trajecto

Rua da Liberdade e Trás Gaia, Caldeiroa, Largo Valentim Moreira de Sá, Av. D. Afonso Henriques, Rua de Vila Flor, Alameda(Sul), Rua de Couros e Largo do Trovador
11h30-Ordem de S.Francisco

 

Da Igreja Paroquial
8h30

Equipa 2
Ministro – Zé António 
Cruz – Mariana Leite
Pasta – Mariana Silva
Caldeira – Francisco Pinheiro
Santinhos, Rebuçados E Campainha – Sofia Andrade, Maria Saleiro, André Saleiro e André Alves

 

Trajecto

Rua Dr.Bento Cardoso, Rua de Camões, Travessa de Camões, Largo do Toural, Alameda(norte), S.Francisco Centro(Alameda), Rua de São Francisco,Largo do Cidade, Rua de Couros, Ilha do Sabão, Largo do Trovador
11h30-Ordem de S.Francisco

 

Da Igreja Dos Santos Passos
8h30

Equipa 3
Ministro – Fernando Moreira
Cruz – António Costa
Caldeira – Rita Oliveira
Pasta – Luis Figueiras 
Santinhos, Campainha E Rebuçados - Sofia, Filipa, Mafalda, Pedro Pinto, Francisco Mendes, Bruna, Vitória, Margarida Moreira

Trajecto

Lar de Nossa Senhora da Conceição, Rua Dr.José Sampaio, Parque das Hortas, Rua Dr.Ricardo Marques, Rua D. Domingos, Capuchinhas, Alvim, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 
Da Igreja Dos Santos Passos
8h30

Equipa 4
Ministro – Francisco Guise 
Cruz – Ana Guise
Caldeira – Vitor Castro
Pasta- Sara Oliveira
Santinhos, Campainha E Rebuçados – Inês Soares, Beatriz Cunha, Henrique, Beatriz Soares e Mariana Soares, Bruna , Vitória, Emilia

 

Trajecto

Rua Gaspar Roriz incluindo Centro São Francisco, Largo Republica do Brasil ( lado de S.Francisco), Rua da Ramada, Rua Camilo Castelo Branco, Av.D.João IV, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 


Da Igreja De Santos Passos
8h30

Equipa 5
Ministro –Emanuel
Cruz – Carlos Saleiro
Caldeira – Beatriz Guimarães
Pasta – Inês Guise 
Santinhos, Campainha e Rebuçados – Marco Pinheiro, Joaquim, Nuno Abreu, Vitória e Inês Cunha, António

 

Trajecto

Av.D,João IV(lado das Finanças), Rua do Centro, Centro Comercial Villa, Av. D.João IV(lado do Notário, Escola Egas Moniz, Rua de Vila Verde
11h30-Ordem de S.Francisco

 

No fim da Visita Pascal, pelas 11h30 concentramo-nos na na Ordem de São Francisco e vimos em Cortejo até à Igreja paroquial de São Sebastião.

Durante o Cortejo integremo-nos no mesmo cantando, louvando Jesus, o Ressuscitado.

Às 12h00 teremos a Eucaristia na Igreja paroquial de São Paio na qual vão estar presentes também todos  os elementos dos Compassos Pascais

ATENÇÃO: O Convivio de todos os elementos dos Compassos é no dia 21 de Abril. Pelas 19h30.  Encontramo-nos no Patronato de São Sebastião.

sexta, 07 abril 2017 17:13

Carta aos paroquianos

Caros paroquianos,

Os meus cumprimentos fraternos com votos de boa saúde e graça de Deus.

Como habitual dirijo-me, mais uma vez, a todos vós por ocasião da Quaresma/Páscoa 2017. Nesta missiva exporei o essencial da mensagem do Papa Francisco para a Quaresma que estamos a viver e num segundo ponto comunicarei o que neste momento mais nos preocupa, em termos materiais, concretamente as Obras do Patronato (São Sebastião) e o investimento no aquecimento da Igreja (São Paio).

Assim:

  • O papa Francisco na sua mensagem deste ano para a Quaresma diz-nos:

A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte. E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus «de todo o coração» (Jl 2, 12), não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor. Jesus é o amigo fiel que nunca nos abandona, pois, mesmo quando pecamos, espera pacientemente pelo nosso regresso a Ele e, com esta espera, manifesta a sua vontade de perdão. E mais à frente:” A Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual através dos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo. ”E explanando a parábola do homem rico e do pobre Lázaro diz-nos: ”Lázaro ensina-nos que o outro é um dom. A justa relação com as pessoas consiste em reconhecer, com gratidão, o seu valor. O próprio pobre à porta do rico não é um empecilho fastidioso, mas um apelo a converter-se e mudar de vida. O primeiro convite que nos faz esta parábola é o de abrir a porta do nosso coração ao outro, porque cada pessoa é um dom, seja ela o nosso vizinho ou o pobre desconhecido”. Mais à frente diz-nos:” O Evangelho do homem rico e do pobre Lázaro ajuda a prepararmo-nos bem para a Páscoa que se aproxima. A liturgia de Quarta-Feira de Cinzas convida-nos a viver uma experiência semelhante à que faz de forma tão dramática o rico. Quando impõe as cinzas sobre a cabeça, o sacerdote repete estas palavras: «Lembra-te, homem, que és pó da terra e à terra hás-de voltar». De facto, tanto o rico como o pobre morrem, e a parte principal da parábola desenrola-se no Além. Dum momento para o outro, os dois personagens descobrem que nós «nada trouxemos ao mundo e nada podemos levar dele» (1 Tm 6, 7) e por fim deixa-nos um desafio:” Que o Espírito Santo nos guie na realização dum verdadeiro caminho de conversão, para redescobrirmos o dom da Palavra de Deus, sermos purificados do pecado que nos cega e servirmos Cristo presente nos irmãos necessitados”.

 

  • Quanto às obras do Patronato

Uma casa a precisar de obras urgentes para cumprir a sua missão educativa e estar em conformidade com as exigências de segurança, bem-estar e qualidade levou a direção do Patronato a assumir esta obra orçada em 1.200.000€ (um milhão e duzentos mil euros) a executar no prazo de um ano.

De que modo vamos pagar a obra, podemos perguntar. Algumas economias que o Patronato ao longo dos anos foi fazendo mas é evidente que contamos com a ajuda dos paroquianos e amigos do Patronato de São Sebastião. Se assim não for, vai ser muito complicado cumprir as nossas obrigações. Portanto aqui deixo um apelo muito forte: vamos colaborar na requalificação do Patronato. Se todos dermos um pouco, o pouco de muitos tornar-se-á muito. E como é evidente passamos recibo para efeitos de IRS, para os donativos que nos forem dados. E contando com todos, deixo um grande obrigado, desde já, pela vossa ajuda.

IBAN do Patronato: PT50 0035 0363 00012866830 94 (CGD)

IBAN da Fábrica da Igreja de São Sebastião: PT50 0018 000803458857020 33 (Santander)

 

  • Aquecimento da Igreja de São Paio

Foi um investimento feito este ano no valor de 16.876€ (dezasseis mil oitocentos e setenta e seis euros). É um valor que não contávamos gastar e que precisamos de pagar. Como sempre disse, não é preciso que demos muito mas que muitos deem um pouco para que o pouco de muitos se torne muito. Deixo um apelo muito forte à generosidade dos paroquianos e amigos da comunidade paroquial para que colaboremos e, deste modo, saldemos a nossa dívida. Todos os meses, no primeiro domingo do mês, o ofertório reverte para esta obra. Mas como é evidente, muitos paroquianos não participando na eucaristia na Igreja paroquial não podem colaborar. Daí este apelo a que colaboremos, ou através de entrega pessoal ou através de transferência bancária.

E, como é evidente, dos donativos recebidos passa-se recibo para efeitos de IRS, dando-nos o número de contribuinte.

IBAN da Fábrica da Igreja de São Paio: PT50 0035 0363 00110772930 25 (CGD)

 

 

Um obrigado muito sincero a todos e, tenho a certeza, brevemente comunicarei o produto das dádivas porque vai haver colaboração de todos para esta obra de beneficiação da Igreja.

E, para terminar, os votos de uma santa quaresma na perspetiva de uma Páscoa de alegria porque o sentido da nossa vida é esse mesmo: somos chamados à vida que Cristo inaugurou com a sua ressurreição.

 

Os Votos de uma Santa Páscoa

O Pároco da Unidade Pastoral de São Sebastião e São Paio,

 

(Pe. José Antunes)