Pe José Antunes

sábado, 07 abril 2012 09:57

Pascoa Feliz

Por um curto momento Eu te abandonei,
mas, com grande amor, volto a unir-me contigo.
Por um instante esconde de ti a minha face,
mas Eu tenho por ti um amor eterno, diz o Senhor, o teu redentor (Is 54,7-8)

E este anúncio de amor
e de bondade para com todos
fez-se rosto humano, o rosto de Jesus,
crucificado,
vivo para sempre.
Páscoa Feliz! Aleluia!

sexta, 30 março 2012 10:28

Itinerário Compasso Pascal 2012

A visita Pascal à casa dos paroquianos inicia-se às 8h30, no fim da Missa das 8h00. Da Igreja de Santos Passos sairão três equipas(3, 4 e 5) e da Igreja paroquial de São Sebastião(Dominicas) sairão 2 equipas(1 e 2).
No fim da Visita Pascal, pelas 12h, o Cortejo Pascal sai da VOT de São Francisco até à Igreja paroquial onde à chegada se celebrará a Eucaristia.

sexta, 30 março 2012 10:22

Compassos Pascais 2012

Compasso Pascal

Compassos Pascais:

quarta, 08 fevereiro 2012 18:09

Serviço de Apoio Domiciliário (S.A.D.)

SADO Patronato de São Sebastião é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que ao longo de 50 anos tem desenvolvido a sua ação para a infância e juventude, através das respostas sociais de Creche, Pré-escolar e Centro de Atividades de Tempos Livres. No entanto, as necessidades sociais da atualidade obrigaram-nos a repensar o nosso campo de ação, surgindo assim a indispensabilidade do Patronato de S. Sebastião criar uma nova resposta social (SAD).
A implementação deste serviço vai permitir promover medidas preventivas do isolamento, da exclusão e da dependência e contribuir para a solidariedade intergeracional, bem como para a criação de serviços de apoio social e de saúde.
O Serviço de Apoio Domiciliário (S.A.D.) é uma resposta social que consiste na prestação de cuidados individualizados e personalizados no domicílio, a indivíduos e famílias quando, por motivo de doença, deficiência ou outro impedimento, não possam assegurar temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou as atividades da vida diária.
No que se refere às pessoas idosas, a prestação destes serviços coloca-se hoje como exigência de vida normal e integrada, possibilitando-lhes por essa via a permanência no seu meio habitual de vida.

sexta, 06 janeiro 2012 16:26

Festa de São Sebastião

Dia de S. SebastiãoA Irmandade de São Sebastião, erecta na Igreja paroquial de São Sebastião, celebra o seu padroeiro, Glorioso mártir São Sebastião, no próximo dia 20 de Janeiro, dia litúrgico da sua Festa.

A novena preparatória começa no dia 11 de Janeiro, com oração do Terço e reflexão sobre o glorioso mártir, na Igreja de São Sebastião (Dominicas). Esta oração é feita antes meia hora da Eucaristia.

No dia 20 de Janeiro, 6ªfeira, teremos a Eucaristia às 10h e às 19h30

No dia 22  de Janeiro, domingo, às 18h45, na Igreja paroquial, oração do Terço e bênção do SS.mo Sacramento. Às 19h30, Eucaristia solene, animada pelo Grupo de Jovens Convivas de São Sebastião e sermãoem honra de SãoSebastião.

Os Juizes da Festa deste ano 2012 são o Senhor António Soares da Costa e esposa Maria das Dores Mendes Gonçalves.

Honremos com a nossa oração e vida São Sebastião e que ele nos livre das fomes, pestes e guerras dos nossos dias.

 

São Sebastião (Pequena biografia)

Mártir cristão, nascido segundo alguns em Milão, cidade de sua mãe, e segundo outros em Narbona, terra natal de seu pai, sendo sua festa celebrada a 20 de Janeiro. Passou a maior parte de sua vida em Roma, ao tempo do imperador Diocleciano. Soldado do exército romano, chegou a alcançar o comando de uma coorte de pretorianos. Por ser cristão e divulgar sua doutrina, foi denunciado e preso.

Diocleciano tentou em vão dissuadi-lo, condenando-o à morte, sentença que os arqueiros se encarregaram de cumprir. Crivado de flechas, São Sebastião foi encontrado por Irene, uma cristã, que, ao retirá-lo da árvore onde seus algozes o haviam amarrado, verificou que o corpo do mártir ainda estava com vida. Conduzido à casa de Irene, São Sebastião se restabeleceu em poucos dias.

Insensível às súplicas dos cristãos, apresentou-se ao imperador, que, desta vez, ordenou fosse açoitado até morrer (c. 255). Seu cadáver, jogado na cloaca de Roma, foi outra vez descoberto por uma mulher, Lucina, a quem o santo apareceu em sonho, pedindo que o sepultasse nas catacumbas, ao lado dos apóstolos.

Próximo a este lugar, junto à via Ápia, foi posteriormente construída uma basílicaem sua honra. Esta, durante a Idade Média, tornou-se centro popular de devoção e peregrinações. Em Portugal há pelo menos, 92 igrejas que o têm por orago.